Passos fundamentais para praticar o amor-próprio

amor-próprio

O amor-próprio é o primeiro passo para a felicidade. Mas isso é algo que nunca nos ensinaram como fazer. Crescemos ouvindo que devemos amar ao próximo, que devemos ser bons e respeitar as regras da sociedade, mas nunca nos ensinaram a como amar a si mesmo antes de tudo.

Felizmente, algumas pessoas atingiram esse nível de amor e felicidade e deixam mensagens para as pessoas ensinando a como se amar mais. E o segredo se baseia principalmente numa prática: o autoconhecimento.

O autoconhecimento não é um ato que você faça apenas uma vez e nunca mais. Mas sim uma prática constante composta por diversas atitudes e comportamentos que vão te ajudar a encontrar seu verdadeiro eu e com isso aumentar seu amor-próprio. Veja abaixo alguns passos para você se conhecer melhor e descobrir como tem motivos de sobra para se amar cada vez mais:

Praticar o amor-próprio

Análise

Observe a seu redor e comece a analisar tudo o que te faz bem e o que não faz. Reflita sobre o porquê de algumas coisas te chatearem tanto e outras te fazerem tão bem. Analise algumas questões importantes em sua vida, como: você está com uma ocupação profissional que te faz feliz? Você tem amigos verdadeiros ou só por status? Você tenta se passar por outra pessoa ou consegue ser autêntico com aqueles a seu redor? Quais seus sonhos?

Atitude

Depois de analisar sua vida, você deve tomar as atitudes necessárias para cada ponto que percebeu ser prejudicial para você. Por exemplo: se você não gosta do seu emprego, comece a procurar outro ou estude uma nova área para tentar mudar o rumo de sua carreira.

Ao conseguir tomar esse tipo de atitude, você vai sentir uma energia de realização muito boa que vai aumentar seu amor-próprio na hora. E assim você demonstra que se valoriza e não vai mais permitir se colocar em situações que não sejam boas para você.

Qualidades

Num momento mais de introspecção, se isole um pouco e pegue papel e caneta. Ouvir uma música que você gosta pode ajudar nessa hora. Observe a si mesmo de forma sincera e comece a anotar nesse papel todas as qualidades que consegue reconhecer em si mesmo.

Defeitos todos nós temos, mas só podemos nos amar se conseguirmos identificar primeiro o que temos de melhor para mostrar ao mundo. Não tenha pressa e faça esse exercício sempre. Seja para escrever uma qualidade nova que você ainda não tinha descoberto, seja para relembrar o quanto é uma pessoa incrível, pratique sempre esse exercício.

Vontade

Permita-se realizar suas vontades. Pelo menos uma vez por mês, faça algo de que realmente goste ou dê um presente para você mesmo. Gastamos tempo demais para agradar aos outros e muitas vezes esquecemos de nos agradar também. Isso é um ponto essencial para reestabelecer o amor-próprio em sua vida.

Sonhos

Descubra quais são os seus sonhos e, então, com um passo de cada vez, caminhe em direção a eles. Não precisa ter pressa. Se a cada dia você fizer algo pelo seu sonho, nem que seja algo pequeno, vai sentir a autoestima melhorar junto com cada passo que der.

Amigos

Nesse momento, é hora de rever suas amizades. Seus amigos são pessoas que te ajudam e conseguem elevar a sua vibração? Procure a companhia de pessoas verdadeiras. Fuja de quem busca status e aparência. O amor-próprio estará presente se você se permitir ter relações com pessoas boas e que te façam bem.

Muitas pessoas têm dificuldades de se colocar em primeiro lugar como prova de seu amor- próprio, neste caso, é importante procurar a ajuda de um terapeuta. Leia alguns depoimentos de quem fez terapia e conseguiu se priorizar clicando aqui: https://sandrabaruchi.com.br/depoimentos/

Fonte: https://www.eusemfronteiras.com.br/passos-fundamentais-para-praticar-o-amor-proprio/

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Sobre a Autora

Sandra Baruchi

Sandra Baruchi

Mestre em Administração, Comunicação e Ensino, Pós-graduada em Marketing e Bacharel em Administração de Empresas. Professora Universitária em cursos de Graduação e Pós-Graduação em grandes universidades desde 2004. Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL), Mestre em Reiki, Practitioner em Técnicas de Libertação Emocional (EFT) ramo da psicologia energética e Toque Quântico “Quantum Touch”, Ariculoterapeuta, Magnetista, Mestre de Florais Etéricos Xamânicos, Terapeuta e Hipnóloga (hipnose verbal e não verbal) desde 2009.

Siga-me!

Posts Relacionados

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes

Comentários
error: Este conteúdo esta protegido por direitos autorais.
Open chat
Olá, como posso te ajudar?